A judia que fugiu dos nazistas e inventou o Wi-Fi!

Hedy Lamarr - nome artístico de Hedwig Eva Maria Kiesler, foi uma judia vienense apaixonada por tecnologia.



Hedy foi conhecida em Hollywood como a mulher mais bonita do mundo, participando de 30 filmes em 28 anos de carreira. Mas o que poucos sabiam em Hollywood era de sua contribuição para o que hoje usamos no dia a dia: a telefonia celular.


Hedy começou sua carreira em vários filmes alemães, austríacos e tchecos. Em 1937, ela fugiu do marido, o fabricante de armas austríaco Friedrich Mandl, do qual se separou ao notar de seu envolvimento com o nazismo; foi nesta época que notou como era fácil a um terceiro bloquear o sinal contínuo usado para o controle dos mísseis.

Nessa época, Hedy mudou-se para Paris e depois refugiou-se em Londres. Lá Hedy foi apresentada para o diretor dos estúdios Metro-Goldwyn-Mayer (MGM) - Louis B. Mayer - que lhe ofereceu um contrato em Hollywood, onde recebeu o título de mulher mais bonita do mundo.


Mas o que poucos sabem sobre Hedy é que ela fez uma importante contribuição tecnológica durante a Segunda Guerra Mundial, com uma co-invenção junto ao compositor George Antheil. A ideia de Hedy e George surgiu em frente ao piano quando os dois brincavam de dueto, ela repetindo em outra escala as notas que ele tocava, experimentando o controle dos instrumentos. Eles chegaram a conclusão que duas pessoas podem conversar entre si mudando frequentemente o canal de comunicação, basta que façam isso simultaneamente. Eles apresentaram a ideia ao Departamento de Guerra Norte-Americano, que o recusou em junho de 1941. Em Agosto de 1942 eles patentearam a ideia em nome de Antheil e Hedy Kiesler Markey. A versão inicial consistia na troca de 88 frequências e era feito para despistar radares, mas a ideia pareceu difícil de realizar na época com a precária tecnologia que existia.





Somente em 1962 o aparelho passou a ser utilizado por tropas militares dos EUA em Cuba, adaptado pela empresa Sylvania pois a patente já havia expirado.


O aparelho idealizado por Lamarr e Antheil serviu de base para a moderna tecnologia de comunicação, usada em conexões de Wi-Fi e CDMA, usada em telefones celulares. Patentes similares foram registradas em outros países, tais como Alemanha, em 1935, com os engenheiros da Telefunken Paul Kotowski e Kurt Dannehl registraram as patentes em 1939 e 1940.


Hedy foi considerada muito tempo depois como "a mãe do telefone celular''. Em 1997 recebeu do Governo dos EUA menção honrosa por abrir novos caminhos nas fronteiras da eletrônica. E em 2014 foi introduzida no National Inventors Hall of Fame.




Conhecia essa história? Comente aqui se você se surpreendeu com essa curiosidade.


#curiosidade #tecnologia #históriadatecnologia #telefoniacelular #altatecnologia #altaperformance #wifi


14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo