5 razões para utilizar drones no monitoramento perimetral


O monitoramento perimetral tem como propósito principal prevenir todas as formas de intrusão dentro de uma área. Em um sistema de segurança convencional, a maneira mais comum de realizar essa proteção é utilizar câmeras, sensores de movimento e cercas elétricas.


Entretanto, esse formato de sistema de segurança apresenta algumas desvantagens, como:


• Câmeras de CFTV e detectores de movimento são equipamentos fixos, deixando bastante espaço para pontos cegos.

• A resposta a uma intrusão pode demorar, pois o vigilante humano precisa chegar ao local por via terrestre.

• A ronda perimetral requer vigilantes humanos e para áreas maiores esta é a maneira menos eficiente de proteger um local.


Para resolver essas limitações, a Ôguen em parceria com a Aeroscan trouxe para o Brasil a solução de Monitoramento por Drones Automatizados, um recurso inovador que traz uma série de vantagens para um projeto de segurança perimetral.


1 – Ronda Perimetral Automatizada

Os drones podem realizar um patrulhamento automatizado com rotas predefinidas, cobrindo grandes áreas em pouco tempo. Além disso, o equipamento transmite todo o trajeto em tempo real para a central de monitoramento e consegue definir padrões entre uma ronda e outra, identificando mudanças e notificando imediatamente a equipe de segurança.


2 – Pronta Resposta

Por ser um veículo que voa, o drone pode chegar a um local mais rapidamente que um humano ou veículo. Dessa forma, quando o sistema de segurança emite um alerta, os vigilantes enviam o drone que em poucos minutos consegue detectar a ameaça e trazer a consciência situacional para a equipe. Um recurso como esse proporciona rápida intervenção e evita uma exposição desnecessária do ser humano.


3 – Personalização do Equipamento

Os drones podem ser equipados com outras soluções para atender as necessidades únicas de um projeto e trazer ainda mais eficiência para a operação, como câmeras térmicas (para vigilância noturna), alto-falante, holofote, sensores Lidar, entre outros.


4 – Acesso sem limitações

Os drones possuem um acesso quase irrestrito a qualquer local, uma vez que não são limitados pelo terreno. Áreas acidentadas, locais inacessíveis para seres humanos, regiões de preservação ambientais, entre outros cenários, são missões que o drone pode realizar sem qualquer dificuldade.


5 – Drones Cabeados

Os drones cabeados permanecem no ar 24h em uma altura de até 100m e podem cobrir através de uma câmera super avançada uma área de milhões de m². Tem capacidade de LPR e detecta fogo e fumaça em tempo real, o que diminui drasticamente o tempo de uma detecção de incêndios, invasões e movimentos diversos na área. Ele ainda pode soltar o cabo e voar até o local da ocorrência. É uma solução estratégica completa e que funciona em qualquer condição de luz, clima e requer mínima infraestrutura.


Para saber mais sobre como implementar um projeto de segurança com drones automatizados, fale com a Ôguen.



20 visualizações0 comentário